Caixa reduzirá mais juros de crédito imobiliário

Após anunciar a queda de até 1 ponto percentual nos juros do crédito
imobiliário, a Caixa Econômica Federal informou que as taxas para os
financiamentos habitacionais com recursos da poupança poderão continuar a diminuir, no caso de o Banco Central (BC) reduzir mais vezes a Selic (taxa básica de juros).

Em setembro, o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central reduziu de 6% para 5,5% ao ano a Selic, o que correspondeu à segunda redução seguida da taxa. Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, a estatal reagirá a quaisquer “movimentos de redução da taxa de juros pelo Banco Central”.

Nesta semana, a Caixa reduziu as taxas máxima e mínima dos juros para
financiamentos imobiliários de 9,75% mais Taxa Referencial (TR) para 9,50% ao ano mais TR, e de 8,5% mais TR para 7,5% mais TR, respectivamente. As alterações serão válidas a partir da próxima segunda-feira (14). De acordo com o presidente da Caixa, a redução é “uma reação à redução consistente dos juros” por parte do BC.

Com relação à linha de financiamento habitacional, lançada recentemente, que atualiza o saldo devedor pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), Guimarães disse que não é prevista a redução de juros por, ao menos, seis meses, independente de uma eventual diminuição da Selic. No momento, de acordo com ele, a estatal não pretende reduzir os juros do IPCA até testar a securitização do crédito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.