Habicamp apóia o IPTU Justo

Diretores da Habicamp participaram na última segunda-feira do movimento IPTU Justo, realizado por diversas entidades de Campinas. As manifestações, ocorridas em frente a Prefeitura Municipal e depois no plenário da Câmara, reuniram representantes de 30 segmentos econômicos, políticos e moradores da cidade, descontentes com os aumentos impostos pela atual administração nos últimos dois anos.

O principal objetivo do movimento IPTU Justo a mudança da lei que aumentou o IPTU na cidade a partir de 2018. Já foi protocolado na Câmara Municipal um novo projeto de lei que quer impedir o reajuste de mais 10% no IPTU para o ano que vem. Ainda não há previsão de quando o projeto será votado. 
A revisão da planta de valores, aprovada em uma votação polêmica em novembro de 2017, instituiu o aumento de 30% no IPTU para alguns imóveis, mas 10% neste ano (que com a inflação se tornaram, na verdade, 14%) e mais 10% para 2020. 
Em nota, a Prefeitura informou que a atualização da Planta Genérica de Valores é uma necessidade, prevista no Estatuto das Cidades, e que esta medida garante “justiça social”. “O maior exemplo é que 100 mil famílias de baixa renda estão isentas do pagamento do IPTU em 2019. Outros 108 mil contribuintes tiveram redução do imposto, se comparado com 2017”, informa. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.