Moradores de área de risco e proteção ambiental serão retirados no Jd. Novo Flamboyant

Famílias que moram a mais de 40 anos na comunidade do Jardim Novo
Flamboyant, em Campinas, estão apreensivas com a possibilidade de terem que deixar a área onde construíram suas vidas.

O motivo é a notificação que receberam da Secretaria Municipal de Habitação informando que as residências terão que ser demolidas. A área onde as casas foram construídas, ao longo de décadas, foi classificada como área verde e de risco por conta do córrego existente no local.

Técnicos da Secretaria visitaram o núcleo residencial e convocaram as
famílias para um cadastro social com a proposta de oferecer a elas o Auxílio
Moradia Emergencial, hoje no valor mensal de R$ 590. A medida afeta 102
famílias, entre elas a da aposentada Izilda Maria, que mora a mais de  30
anos no local. Ela afirma que não terá para onde ir se perder sua
residencia.

Na opinião dos moradores a proposta da prefeitura em remover as famílias
tem outro motivo. Para a dona de casa Eliane Aparecida Martins, que a 28
anos mora no local, a construção de um condomínio em um terreno vizinho a comunidade seria a razão.

Segundo a Secretaria de Habitação, a Prefeitura elegeu 111 núcleos para
promover neles a Regularização Fundiária até o final de 2020. Ocorre que em alguns núcleos existe a necessidade de remoção, como é o caso do Jardim Novo Flamboyant. A área é de risco e também de Preservação Permanente.

A advogada Amanda Bacha, contratada pelo grupo de famílias que corre o risco de perder as residências, explicou que pretende chegar a um acordo amigável com o poder público, pois existem outras alternativas que não seja a remoção.

Caso contrario a intensão é entrar com pedido junto ao Ministério Público e
também em outras instâncias. A advogada explicou que já esteve reunida com representes da Secretaria de Habitação e a promessa foi de receber um
parecer até o dia 14 de junho. (CBN Campinas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.