Moradores do Núcleo Vila Lafayete recebem escrituras definitivas

O prefeito Jonas Donizette e o secretário de Habitação e presidente da
Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas), Vinicius
Riverete, entregaram, na noite desta quarta-feira, 24 de abril, 357
escrituras definitivas paras as famílias do Núcleo Residencial Vila Lafayete
Álvaro, na Região do Shopping Iguatemi. O evento aconteceu na Comunidade Nossa Senhora da Evangelização, no Parque Brasília.

A escritura definitiva do imóvel, tecnicamente chamada de matrícula, é um
documento oficial emitido pelo 1º Cartório de Registro de Imóveis.

O secretário Vinicius Riverete disse que hoje é mais um dia de vitória.
“Quero começar, como sempre faço, agradecendo a Deus, ao prefeito Jonas
Donizette e ao ex-secretário de Habitação, Samuel Rossilho, que abraçou esta luta desde o início junto com o prefeito. Parabéns a todos vocês e, não
posso deixar de enaltecer e agradecer também o trabalho dos técnicos
funcionários da Cohab e a Secretaria da Habitação (Sehab). Muito obrigado a todos”, disse.

O prefeito Jonas Donizette relembrou o início da ocupação. “Tenho feito
entregas de escrituras por toda a cidade, mas hoje me veio uma lembrança
especial. Em 1995, estive aqui como vereador representando a Câmara
Municipal junto com o prefeito da época, Magalhães Teixeira, e, portanto, me lembro bem do início dessa luta de todos vocês. Hoje eu volto aqui para
entregar esse documento que é a segurança jurídica que vocês passam a
possuir”, disse o prefeito.

Histórico

O processo de regularização fundiária do núcleo começou em 1995, quando a Federação das Entidades Assistenciais de Campinas (Feac) buscou, na
Prefeitura e na Cohab-Campinas, uma parceria para implantar um loteamento em uma área onde foram assentadas 318 famílias oriundas de áreas de risco e que viviam na mesma região. A medida foi tomada como contrapartida pela aprovação do plano de ocupação da Fazenda Brandina.

A Feac teve papel importante no processo pois, com a demarcação dos lotes, a entidade concedeu uma cesta básica contendo materiais de construção para auxiliar as famílias no início da ocupação.

O núcleo, que está em uma área remanescente da Fazenda Brandina, conta com rede de água, sistema de esgoto, rede de energia elétrica domiciliar e de iluminação pública, obras de drenagem e captação de águas pluviais e
pavimentação asfáltica, além de ser atendido por coleta e remoção de lixo,
transporte coletivo e correios. (Prefeitura de Campinas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.