Nova Luos permitirá verticalizar os bairros

A LUOS (Lei de Uso e Ocupação do Solo) que vai ser enviada agora em maio para a Câmara, vai disciplinar a implantação das chamadas “centralidades” e, com isso, destravar o projeto da Cohab-Campinas de espalhar por todas as regiões da cidade, os programas de habitação de interesse social, segundo avaliação feita ontem pelo secretário de Habitação, Samuel Rossilho.

Segundo ele, a nova lei vai estimular a concentração de moradias, comércio e serviços em todas as regiões da cidade, além de permitir a verticalização em bairros da periferia. “Queremos desenvolver a economia voltada para o trabalho nos bairros tido como os mais pobres”, disse Rossilho. “Vamos ocupar os espaços. A intenção é desenvolver o comércio e o serviço próximo de onde a pessoa mora. Assim a pessoa não precisa se deslocar para ter acesso aos serviços onde mora. Já nas regiões dos distritos do Ouro Verde e Campo Grande, segundo ele, o foco será o desenvolvimento ligado ao aeroporto de Viracopos – voltado a empresas de logísticas e hotelaria.

O Plano Diretor definiu 26 áreas na cidade, onde serão estimuladas as centralidades – que serão espaços que funcionarão como se fossem pequenos centros de uma determinada região. Nestes espaços, o zoneamento vai permitir a convivência de residências, empresas de serviços e até indústria. E serão implantadas tendo como base os principais corredores de trânsito. (METRO CAMPINAS)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.