Oito cidades da RMC estão entre as 40 com imóveis mais valorizados do Estado

O índice Prosperati Hiperdados Residencial Geral, que mede o preço médio do m2 da construção civil em 100 cidades brasileiras, coloca seis cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC) no ranking dos 40 mais valorizadas do Estado de São Paulo no mês de março. De acordo com o levantamento que acaba de ser divulgado pela empresa, o valor do imóvel residencial no país custou em média R$ 6.189/m2 no mês passado.

Na lista de cidades do Estado, Campinas é a primeira cidade da RMC, na 8ª posição, com o metro quadrado avaliado em R$ 5.302. Vinhedo aparece na 14ª colocação, com valor de R$ 4.665. Na 18º posição aparece Valinhos (R$ 4.463). Indaiatuba está em 20º lugar (R$ 4.361), seguida de Paulínia, em 21º (R$ 4.288). Americana completa as cidades da RMC no ranking estadual da Prosperati, na 34ª colocação (R$ 3.791).

Pelo valores levantados na pesquisa mensal, os imóveis residenciais na RMC, que sofreram com a crise dos últimos anos, têm grande potencial de valorização com a retomada do crescimento da economia nos próximos anos. A tendência, segundo especialistas do setor, é que os imóveis se valorizem mais em uma velocidade moderada já a partir deste ano. (Da Comunicação Estratégica)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.