Preços dos imóveis no País têm queda real de 3,41% em 12 meses

O preço médio de venda de imóveis residenciais acumula queda real de 3,41% nos últimos 12 meses, conforme o Índice FipeZap, que levanta cotações em 20 cidades de todo o País. Nesse intervalo, 11 das 20 cidades pesquisadas acumulam queda nominal no preço de venda, com destaque para o Rio de Janeiro (-4,72%), Niterói (-3,14%) e Fortaleza (-2,87%).

Por outro lado, entre as cidades que acumulam alta no preço médio apenas em Florianópolis (+4,78%) a variação observada superou a inflação acumulada no período (+2,97%).

Quando analisado só janeiro, o indicador aponta estabilidade no preço de venda dos imóveis residenciais ante a dezembro, quando a variação média foi de -0,01%. Nos últimos 12 meses até janeiro, sem descontar a inflação, a queda foi de 0,54%.

Com relação aos preços, o indicador aponta que o valor médio de venda dos imóveis residenciais nas 20 cidades monitoradas foi de R$ 7.554/m². No primeiro mês de 2018 o Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o metro quadrado mais caro do Brasil (média de R$ 9.719), seguida por São Paulo (R$ 8.688) e Distrito Federal (R$ 7.842).

Já as cidades com menor valor médio por m² foram Contagem (R$ 3.509), Goiânia (R$ 4.112) e Vila Velha (R$ 4.650) Quando analisado o recorte da cidade de São Paulo, o bairro mais valorizado foi o Cidade Jardim, com o preço do metro quadrado em R$ 19,7 mi. Na capital fluminense o bairro mais nobre é o Leblon (20.705 mil o m²). Na outra ponta, o bairro menos valorizado foi Pavuda ( 2.238) (DCI)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.