Taxa média de desemprego de 2020 é mais alta em 8 anos

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira, dia 26 de fevereiro, o país encerrou 2020 com

financiamento da casa própria
Francisco de Oliveira Lima Filho

sinais de recuperação no mercado de trabalho, pois registrou queda da taxa de desemprego no quarto trimestre para 13,9%. “Mesmo assim a taxa média do ano passado foi a mais alta em oito anos por conta do isolamento social devido à pandemia”, explica o Presidente da Habicamp, Francisco Lima Filho. A taxa de desemprego alcançou 14,6% no terceiro trimestre o maior patamar na comparação trimestral da série histórica da Pnad Contínua.

Em números

De acordo com os dados do Ministério da Economia, foram criadas 142.690 vagas de trabalho com carteira assinada no ano de 2020. “Segundo o IBGE, em dezembro, o país fechou 67.906 vagas formais de trabalho, a menor perda para o mês desde 1995. Ao longo dos 12 meses, o rendimento médio real dos trabalhadores foi de R$ 2.543, um aumento de 4,7% em relação a 2019”, explica Lima Filho.

“Acredito que esse recuo da taxa no fim do ano é um comportamento sazonal, já que no final de ano, existe maior demanda e, portanto, maiores contratações temporárias, mas isso não quer dizer que o cenário é de otimismo, infelizmente”, termina o Presidente da Habicamp.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.