Consumidor pós-pandemia busca casa como refúgio e aquece o mercado imobiliário

O cenário de pandemia de Covid-19 trouxe muitas transformações no mundo e até novos comportamentos dos consumidores. Com o isolamento social como medida preventiva do vírus, as pessoas tem passado mais tempo em suas casas, que ganharam novos significados e passaram as ser vistas como verdadeiro refúgio. Além disso, o home office passou a ser uma realidade para muitas pessoas, que também precisaram adaptar a casa para o seu novo ambiente de trabalho.
Com isso, os espaços precisaram ser repensados para garantir conforto, praticidade e funcionalidade aos moradores. “A casa nunca foi tão valorizada como nesse momento. A prova disso estão nos números altos de reforma durante a pandemia, bem como na movimentação do mercado imobiliário, que se mostra aquecido por conta do juros em baixa e da oferta de novos produtos”, conta o presidente da Habicamp, Francisco Lima Filho.

De acordo com a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), Campinas registrou uma alta de 24% na busca por apartamentos. O motivo pode estar atrelado à redução da taxa Selic dos últimos seis meses, que impulsionou pessoas a aproveitarem o momento para adquirir um imóvel na planta.

Segunda Lima Filho, a decisão de compra do consumidor está atrelada à região do empreendimento, às condições de pagamento e aos diferenciais do imóvel. Como exemplo, a Incorporadora Sensia registrou bons resultados de vendas com seu empreendimento no Parque Prado. De acordo cm a empresa, o imóvel foi lançado em fevereiro e em 4 meses atingiu 50% de vendas de suas unidades, o que equivale a cerca de 152 apartamentos no total. “Com Sensia nos preocupamos muito com as experiências que agregam nesta nova ressignificação do lar, entregamos mais espaços que proporcionam qualidade de vida como quadra de tênis, piscina, pet place, pista de cooper, academia, rooftop com sky lounge, bicicletário, espaço coworking, entre outros, tudo para ampliar a comodidade e este senso de pertencimento ao local” explica Camila Fantin, Gestora Comercial da MRV em Campinas.

O momento também aponta para outro desejo do consumidor: o da personalização. O presidente da Habicamp explica que estar mais tempo em casa instiga que os moradores tenham um espaço só deles, com personalidade e exclusividade. “O Sensia, por exemplo, tem um projeto versátil em que o comprador pode configurar o apartamento de acordo com o que satisfaz mais suas necessidades”, explica.
Além disso, as incorporadoras precisaram aperfeiçoar seus serviços para cativar um consumidor mais atento e exigente no mercado. No caso do Sensia, o comprador tem a opção de adquirir kits de personalização.

 

Serviço:
O Sensia Parque Prado localiza-se em um terreno de mais de 15 mil m², sendo 40% de área verde e os apartamentos vão de 64,36m² a 66,07m². O empreendimento está situado ao lado do Parque da Águas, em uma região que proporciona qualidade de vida, com áreas verdes e, ao mesmo tempo, várias opções de serviços, entretenimento e lazer.
O empreendimento conta com quadra de tênis, piscina adulto com raia e deck molhado, piscina infantil, sauna, pet place, pet care, quadra poliesportiva, pista de cooper, academia, espaço kids, playground, salão de jogos, salão de festas, churrasqueira, espaço gourmet, spa, rooftop com sky lounge, bicicletário e quadra infantil de futebol. Além disso, oferece lavanderia, espaço de coworking, estação de recarga para carro elétrico, guarita blindada, monitoramento CFTV e fechadura digital. Pensando na sustentabilidade, as áreas comuns terão a utilização de energia fotovoltaica, o que possibilita economia no valor do condomínio.
Loja conceito: Rua Maria Monteiro, 968 no bairro Cambuí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.