Elevador deve receber mais atenção

Manutenção mensal no equipamento evita problemas graves, como nos casos vistos recentemente em SP (Folha Press)

A segurança em condomínios vai além de portarias, vigilantes e câmeras. Os elevadores, que diariamente transportam dezenas de moradores, visitantes e funcionários de um andar para outro, merecem atenção e cuidados especiais. 

No último dia 30, um elevador despencou do nono andar em Santos (72 km de SP) e deixou quatro mortos da mesma família. Outro caiu em Cotia (Grande São Paulo), no dia 6 de janeiro, e feriu duas mulheres e um homem.

Os dois casos recentes, embora considerados raros pelos especialistas da área, acenderam um sinal de alerta. Mas os profissionais tranquilizam ao afirmarem que o elevador é um dos meios de transporte mais seguros do mundo.

“Uma manutenção preventiva adequada feita por gente competente manterá a integridade do equipamento e a garantia permanente do elevador”, afirma o engenheiro  Joel Coelho, da ThyssenKrupp Elevadores, fabricante de tecnologias de elevação no país.

O que é compartilhado por Max Santos, 56 anos, diretor executivo do Sindicato das Empresas de Conservação, Manutenção e Instalação de Elevadores do Estado de São Paulo. “É essencial que a manutenção preventiva seja mensal. Tanto o síndico quanto o condômino têm de ter essa consciência, afinal elevador transporta vidas”, diz.

Marcelo Mahtuk, 54 anos, diretor executivo da Manager Gestão Condominial, diz que a decisão final sempre será do condomínio. “Mas a qualidade de trabalho e a segurança devem ser levadas em conta”, afirma. Após 28 anos, os 15 elevadores do Condomínio Ilhas Gregas, no Jardim Europa (zona oeste), passam por restauração e modernização. O investimento: R$ 2 milhões. “A modernização reduzirá o custo dos contratos mensais de manutenção”, diz o síndico profissional Marcelo Lopes, 50 anos. (Todo Dia / Folha Press)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.