Home office e as consequências no mercado imobiliário

A pandemia trouxe a necessidade do isolamento social e, através dele, rotinas que anteriormente eram imutáveis foram transformadas em apenas três meses. Esse é o caso do trabalho presencial, que na maioria das empresas, foi substituído pelo home office. De acordo com dados da ISE Business School, logo após o início da quarentena, 80% dos gestores disseram gostar de trabalhar em modo remoto. Porém, como ficam os escritórios comerciais nesse momento?

Imóveis comerciais

Segundo o Vice-Presidente da Habicamp, Douglas Vargas, em fevereiro de 2020, não se cogitava ter o home office que se tem hoje, já que muita gente associava ao medo de perder o emprego, sem o contato físico com colegas e com superiores. Porém, com a chegada da pandemia do coronavírus, trabalhar isolado se tornou algo muito comum, o que torna a devolução de salas comerciais uma consequência.

De acordo com Douglas, é importante analisar como essa devolução está acontecendo. “São Paulo, por exemplo, tem quatro milhões de metros quadrados de imóveis comerciais de alto padrão e, até agora, 60 mil metros quadrados foram devolvidos. E isso representa, mais ou menos, os 300 melhores prédios comerciais em São Paulo. Então ainda não teve, dependendo do segmento do mercado, essa migração”, conta.

Segundo ele, entre os fatores que devem ser levados em conta são: economia, necessidade de redução de faturamento e adequação dos custos e necessidade de mudança de hábito do modelo de negócio. “Eu acho que daqui para frente, o grande tópico será a flexibilização das atividades dos atendimentos e das formas de trabalhar. Uma coisa que eu tenho analisado é que alguns coworkers estão reduzindo ou se adequando. Mas, passando a pandemia, pode ser que o cowork seja uma ponte para as empresas, para aquelas que têm necessidade de reduzir o espaço dos escritórios ou até o fechamento, quando for a retomada”, explica. De acordo com Douglas, essa é uma boa alternativa para aqueles que não tenham capital para fazer investimento e montar o escritório.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.