Índice da construção civil é de 0,88% em setembro, o menor em 2021

A maior alta ocorreu na Região Centro-Oeste (com 2,03%)

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou na última sexta-feira (08), no Rio de Janeiro, o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) de setembro. A taxa ficou em 0,88%, a menor no ano de 2021. O ponto percentual ficou abaixo da registrada em agosto, de 0,99% para 0,11%.

Sendo assim, o Sinapi foi de 22,06% e no acumulado do ano, foi para 15,65%. O custo nacional da construção, por metro quadrado, passou de R$ 1.463,11 no mês de agosto, para R$ 1.475,96 em setembro, totalizando R$ 877,35 para os materiais e R$ 598,61 para a mão de obra.

A maior alta foi na Região Centro-Oeste, com 2,03%, e a menor com 0,55%, no Nordeste.  O Sinapi reúne informações de índices e custos de forma sistematizada e com alcance nacional, objetivando a elaboração e avaliação de orçamentos e o acompanhamento de preços.

De acordo com o presidente da Habicamp, Francisco de Oliveira Lima Filho, a baixa se deve-se aos altos preços em materiais e mão de obra.

“A alta procura por reformas na pandemia foi um dos fatores que contribuiu para a elevação dos preços dos materiais de construção e pela mão de obra”, explica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.