Inflação da Construção Civil tem queda de 0,52% em um mês

Sinapi registrou inflação de 1,65% em junho e 2,17% em maio

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) registrou a segunda maior taxa de inflação do ano no mês de junho, 1,65%, ficando atrás apenas dos 2,17% de maio. Apesar da queda de 0,52% de um mês para o outro, ainda não há previsão de estabilização.

Para o presidente da Habicamp, Francisco de Oliveira Lima Filho, o aumento na taxa construção é reflexo do momento pelo qual a economia passa. “Apesar dessa queda na inflação, devemos continuar alertas, visto que pode ser apenas uma oscilação. Podemos observar um aumento no custo no mercado, o material de construção também não ficaria de fora”, considera.

Francisco de Oliveira Lima Filho, presidente da Habicamp

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o indicador já acumula 7,52% no primeiro semestre e 14,53% em 12 meses. E com a alta, o custo nacional da construção, por metro quadrado, é de R$1.628,25 em junho.

Além disso, o metro quadrado da mão de obra subiu 2,35% no mês e passou a custar R$653,78. Enquanto que os materiais de construção tiveram alta de 1,19% e passaram a custar R$974,47 por metro quadrado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.