Prefeito sanciona lei que cria programa Recomeça para pequeno empreendedor

O objetivo do projeto é oferecer acesso mais fácil a crédito para pequenas e microempresas

O prefeito em exercício, Wanderley de Almeida, sancionou na última terça-feira (28), a lei que cria o programa Recomeça, projeto voltado para micro e pequenas empresas. A Ação faz parte do Programa de Ativação Econômica e Social (Paes), que oferece investimentos na ordem de R$ 4 bilhões e a oportunidade de quase 20 mil empregos novos.

O programa foi feito para ajudar o pequeno empreendedor a ter mais oportunidade para fazer empréstimos em instituições financeiras entre R$ 5 e R$ 80 mil, com juros mais razoáveis que os oferecidos pelo mercado.

De acordo com o presidente da Habicamp, Francisco de Oliveira Lima Filho, um dos maiores obstáculos que o pequeno empreendedor possui ao tentar tirar o crédito, é a garantia. “O Recomeça, dará mais oportunidade para os empreendedores que querem voltar a suas atividades laborais o mais breve possível”.

A expectativa é que com o projeto, sejam disponibilizados R$ 130 milhões em recursos para o grupo de pequenos empreendedores, o que trará um sistema inovador para a cidade de Campinas.

Fundo

Recentemente foi publicada a Lei que cria o Apoio à Atividade Econômica do Município de Campinas. Com a sanção da lei do Fundo e do Recomeça, a Prefeitura de Campinas vai estruturar o Fundo de Aval, onde receberá recursos disponíveis dos dividendos das empresas de economia mista, onde a Prefeitura é sócia majoritária.

Paes

O Plano de Ativação Econômica e Social (Paes), lançado em julho deste ano, prevê R$ 4 bilhões em investimentos e a geração de 20 mil empregos. O Programa é dividido em 5 bases:

  • Estímulo à retomada da atividade econômica;
  • Consumo das famílias;
  • Proteção Social e geração de empregos;
  • Capacitação/Qualificação;
  • Melhora no ambiente de negócios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.