Prefeitura contrata empresa para investigar área contaminada no Mansões Santo Antonio

A Prefeitura de Campinas contratou a empresa CMA Ambiental por R$ 1,6 milhão para fazer uma investigação ambiental e avaliação de Risco à Saúde Humana e plano de intervenção no bairro Mansões Santo Antonio. A medida é a quarta fase da descontaminação do local, onde vivem 45 famílias no terreno na Rua Hermantino Coelho – o local abrigou entre as décadas de 70 e 90 uma empresa de solventes.

Essa área é uma das dez com contaminação grave no Estado de São Paulo,
segundo o secretário do Verde, Rogério Menezes.

Após o estudo haverá necessidade de remediação da área. Segundo ele, há um potencial grande de desenvolvimento econômico que será destravado para investimentos – como a instalação de empreendimentos imobiliários na cidade. O valor da remediação ainda será definido.

Menezes disse ainda que a prefeitura já investiu cerca de R$ 5 milhões para
descontaminar a área. “Já entramos na Justiça para receber esse valor da
Concima (construtora que fez os apartamentos na área contaminada)”, disse ele.

O secretário ressaltou ainda que já houve avanços. Há cinco anos, foi
instalado no subsolo do empreendimento um sistema que filtra gases tóxicos e, desde 2015, eles não são mais detectados na atmosfera. “Essa extração dos gases torna quase que nulo o risco de contaminação para as famílias”, explicou Menezes.

O solo da região não pode ser movimentado e a água também não pode ser
utilizada.(Blog da Rose)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.