Prefeitura libera hotéis em área de proteção ambiental

A Prefeitura de Campinas liberou a construção de hotéis e pousadas na APA
(Área de Proteção Ambiental) Campinas, que fica na divisa com Pedreira. A
ação foi confirmada no lançamento do Plano de Manejo da APA formada pela região dos distritos de Sousas e Joaquim Egídio. De acordo o secretário do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Rogério Menezes, a partir de agora, em qualquer lugar da APA será possível fazer uma pousada ou investir num hotel. Conforme a regra, em algumas áreas a aprovação do projeto será mais restritiva, acompanhada mais de perto, porque são áreas ambientalmente mais frágeis. As APAs são divididas em conservação integral e conservação sustentável, sendo que está última pode receber empreendimentos.


A unidade de uso sustentável deve conciliar a questão da proteção ambiental, além de atividades econômicas e infraestrutura social que garantam qualidade de vida. “A presença de pessoas ajuda na conservação. é errado pensar que isolar uma área é o único caminho para a manutenção de um santuário”, explicou o secretário. No novo modelo é possível fazer hotel fazenda, pousada e similares nas várias zonas do novo zoneamento. “No modelo anterior existia uma zona onde poderia fazer isso. Se estiver dentro pode, se estiver fora não pode. Só uma parte da APA era utilizada e isso travava os empreendimentos”, disse.


Campinas possui nove unidades de conservação ambiental, sendo que três são Apas – uma na região do Campo Grande e as outras duas, sendo uma estadual, na divisa com Pedreira. O Plano de Manejo é um documento que estabelece normas, restrições para o uso, ações a serem desenvolvidas e cuidados com os recursos naturais de uma Unidade de Conservação (UC) e seu entorno. “Queremos pessoas. Atividades no mundo todo são assim. Os projetos serão analisados individualmente, caso a caso. A ideia é que seja um vetor de turismo e sustentável”, finalizou o secretário.  (A Cidade On)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.