Vendas de imóveis usados e locação residencial voltam a crescer em SP

Os mercados de imóveis usados e de locação residencial fecharam o primeiro semestre em alta em São Paulo, segundo levantamento do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado. De janeiro a junho as vendas acumulam saldo positivo de 36,88% enquanto que a locação registra 16,44%. Os resultados do primeiro semestre foram influenciados pelo desempenho dos dois mercados em junho, quando tanto as vendas quanto a locação superaram os saldos positivos de meses anteriores.

A pesquisa feita pelo Creci com 904 imobiliárias de 37 cidades registrou
alta de 22,94% nas vendas de usados e de 11,59% na locação de casas e
apartamentos em junho comparado a maio. Até então, os melhores índices
haviam sido 18,8% nas vendas em abril e 11,16% nem janeiro. De acordo com o presidente do Creci, José Augusto Viana Neto, a falta de investimento em novos empreendimentos por conta da crise econômica acabou fortalecendo o mercado de imóveis usados, que vem apresentando crescimento há mais de um ano.

A pesquisa do Creci apontou ainda que casas e apartamentos com aluguel
mensal de até R$ 01 mil dominaram o mercado de locação residencial em junho no Estado de São Paulo, com 52,11% de participação no total de novas
locações contratadas. Os novos inquilinos conseguiram em junho descontos
médios sobre os valores de aluguéis inicialmente pedidos pelos proprietários de 11,18% em imóveis situados em bairros de periferia, de 10,55% em bairros de regiões centrais e de 10,37% para aqueles localizados em regiões nobres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.