Vendas de material de construção crescem 2% em Março

As lojas de material de construção registraram um aumento de 2% em suas
vendas em Março em relação a Fevereiro. As informações são do tracking
mensal da Anamaco (Associação Nacional de Comerciantes de Material de
Construção) que também mostrou que os varejistas estão otimistas com as
ações do novo governo: 70% dos entrevistados acreditam que as vendas devem aumentar em Abril

Na comparação com o mesmo mês do ano passado, porém, os números apresentam queda de 9%. Uma das razões para este percentual desfavorável foi o Carnaval, que em 2019 foi no mês de Março. O excesso de chuvas no período também prejudicou o desempenho das vendas. “Se por um lado as chuvas atrapalharam as obras em andamento, fazendo com que os clientes adiassem as reformas, por outro elas sempre trazem uma necessidade de manutenção e reparos, que acaba movimentando o nosso setor nos meses futuros”, explica Cláudio Conz, presidente da Anamaco.

No comparativo com o mesmo trimestre de 2018, o setor teve desempenho
estável, já nos últimos 12 meses há crescimento de 4%.

O tracking Anamaco ouviu 530 lojistas de todo o Brasil que comercializam
itens básicos (como cal, cimento, areia), material elétrico e hidráulico.
pintura, revestimento cerâmico, entre outros.

Boas perspectivas

A região Norte foi a que mais cresceu (8%), seguida pelo Centro-Oeste, que
apresentou crescimento de 7%. Já as demais tiveram crescimento de 2%.

Questionados se pretendem contratar funcionários já em Abril, 19% dos
lojistas responderam que sim. Para 48% dos entrevistados, 2019 será um ano de crescimento, tanto é que pretendem investir em seus negócios nos próximos 12 meses.

“O setor vai bem quando a economia vai bem. No ano passado, nosso
faturamento foi recorde: 122 bilhões de reais. A tendência é continuar
crescendo agora”, afirma Conz. A entidade prevê crescimento de 8,5% em 2019, comparando com 2018. (Investimentos e Notícias)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.