Vereador apresenta projeto de lei para impedir reajuste previsto no IPTU de Campinas no ano que vem

Um projeto de lei apresentado pelo vereador Zé Carlos, do PSB, pode aliviar
o bolso do contribuinte no ano que vem. Isso porque ele quer eliminar o
reajuste de 10% já previsto para janeiro de 2020. Em 2017, os vereadores de
Campinas aprovaram uma proposta de reajuste do imposto em três ocasiões, em janeiro de 2018, de 2019 e de 2020. O maior reajuste veio no início do ano passado, quando o IPTU ficou em média 30% mais caro, gerando uma onda de críticas ao governo municipal. Neste ano,
veio o segundo reajuste, de 10%, já aplicado aos carnês que estão sendo
entregues aos contribuintes. E para o ano que vem, o imposto ficará 10% mais caro. A proposta do vereador Zé Carlos é suspender o reajuste que será aplicado em 2020. Segundo ele, não é possível fazer nada em relação
correções de 2018 e 2019, mas para o ano que vem, ainda é possível recuar na decisão, uma vez que a população já foi muito onerada. A Prefeitura de Campinas informou que atualização da Planta Genérica de Valores foi feita a partir de um amplo trabalho,desenvolvido por técnicos de diversas secretarias municipais e coordenado pela Secretaria de Finanças. A
administração ressaltou que no primeiro ano, mais de 200 mil imóveis tiveram isenção, redução no valor do imposto, ou pagaram em 2018 o mesmo valor pago em 2017. A atualização também buscou reduzir as distorções existentes nas diferentes regiões da cidade, deixando agora o valor dos imóveis mais próximo da realidade de mercado do município. (CBN Campinas)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.