Arrecadação em Campinas atinge R$ 1,8 bilhão e tem aumento de 6% em 2019

A população de Campinas (SP) pagou R$ 1,8 bilhão de impostos em dez meses deste ano, de acordo com dados do Impostômetro, da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

O número corresponde ao acumulado de 1 de janeiro até o dia 31 de outubro e ultrapassou em 6% o valor do mesmo período do ano passado, que foi de R$ 1,7 bilhão. Já nos primeiros dias de novembro, o pagamento de impostos em Campinas já atingiu R$ 44 milhões.

Ainda de acordo com o banco de dados do Impostômetro, os principais tributos de arrecadação municipal são o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) e o Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

O Impostômetro também considera os impostos federais, como Imposto de Renda (IR) e Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF), além dos tributos
estaduais, por exemplo o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

No estado de São Paulo, a arrecadação em dez meses foi de R$ 762 bilhões,
enquanto o índice no Brasil atingiu R$ 2 trilhões.

O Impostômetro

O Impostômetro foi criado em 2005 e busca calcular o valor total de
impostos, taxas, contribuições e multas que a população brasileira paga para a União, os estados e os municípios.

O total de impostos pagos pelos brasileiros também pode ser acompanhado pela internet, na página do Impostômetro.

Na ferramenta, criada em parceria com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), é possível acompanhar quanto o país, os estados e os municípios estão arrecadando com tributos e também saber o que dá para os governos fazerem com todo o dinheiro arrecadado. (G1 Campinas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.