Artigo: Feliz 2021

Por Welton Nahas Curi, vice-presidente da Construção Civil 

Welton Nahas Curi

O que tirar de 2020 quando muitos querem deletá-lo?

Muitos perderem entes queridos e outros perderam o ânimo e a esperança, mas se você está lendo essa crônica, chegamos até aqui e ainda temos muito pela frente.

As provações são testes que nos aperfeiçoam e nos capacitam para novas etapas, e abrem portas para prosseguirmos. Fomos todos provados em 2020, e se estamos em pé nesta virada de ano é porque fomos aprovados para 2021.

“Nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança. Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo que nos foi outorgado” Romanos 5: 3-5

 Fora a aprovação, também descobrimos em 2020 que:

– O absoluto não é tão absoluto assim.

– As ciências exatas são inexatas.

– O previsível pode ficar imprevisível.

– As notícias em muitos casos são desinformações.

– O que parece correto pode ser tóxico.

– O certo e o errado são apenas pontos de vista.

– A verdade e a mentira estão relacionados ao encantamento e a sedução.

Enfim:

Descobrimos que somos frágeis e vulneráveis e que, mais do que nunca, transitamos entre o natural e o sobrenatural, entre o visível e o invisível.

Descobrimos que ter fé em Deus e na sua palavra é o melhor fundamento para superar as adversidades, encontrar paz na guerra de narrativas, crescer ante o caos e frutificar.

“…No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; Eu venci o mundo”. Jo 16.33b

 Depois da tempestade vem a bonança.

Que venha 2021.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.