Campinas busca dados para aprimorar a gestão e controle de áreas ambientais protegidas

Parceria é fundamental para administrar áreas de proteção ambiental da cidade

Através da articulação entre a Secretaria Municipal do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Campinas e a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), órgão ligado à Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento, a cidade busca dados disponibilizados no Cadastro Ambiental Rural (CAR) para aprimorar a gestão e controle de áreas ambientais protegidas.

Com o foco na gestão das Áreas de Proteção Ambiental (APA) de Campinas e Áreas de Proteção Ambiental do Campo Grande, o responsável pela pasta, Rogério Menezes, visitou nesta segunda-feira (1) a Cati.

Durante a reunião aberta, Menezes disse que a oportunidade para que outros 69 municípios paulistas que adotaram o licenciamento ambiental local também sejam convidados a ter acesso e capacitação para a consulta ao Cadastro Ambiental Rural, através da Associação de Municípios e Meio Ambiente (Anamma), da qual Rogério Menezes é presidente estadual.

Prefeitura autoriza estudo para implantação de modal ferroviário
Francisco de Oliveira Lima Filho

“Agradeço a Secretaria de Estado de Agricultura, à Cati, aos técnicos, pela possibilidade dessa troca. Esta parceria será fundamental para o município”, afirmou o secretário.

O presidente da Habicamp, Francisco de Oliveira Lima Filho, parabeniza as novas ações e se mostra otimista pelo mercado. “A gestão e controle de áreas ambientais protegidas é fundamental para o desenvolvimento da cidade e, claro, para sua preservação. Temos visto ações importantes acontecerem nessa gestão. A Habicamp apoia iniciativas com essa”, salienta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.