Campo Grande ganha bairro Planejado

foto: divulgação – Na região que mais cresce em Campinas, o Parque Natural Municipal do Campo Grande e o empreendimento Bela Aliança Bairro & Parque representam uma etapa de dinamismo no planejamento urbano da cidade. Às margens da Avenida John Boyd Dunlop, na área da antiga fazenda Bela Aliança, as duas iniciativas associam preservação ambiental e desenvolvimento planejado em um vazio urbano na Região do Campo Grande, que concentra atualmente 40% da população de Campinas.

O loteamento é uma realização da Montana Urbanismo e da Montante Urbanismo, com sucessos reconhecidos em mais de 30 anos no mercado. Os dois últimos lançamentos a cargo das empresas foram vendidos em apenas 24 horas. A partir do empreendimento Bela Aliança, a previsão é gerar 700 novos postos de trabalho, com oportunidades nas áreas de vendas imobiliárias, empregos em estruturas gerais para organização e atividades na construção civil.

Na área de um milhão de metros quadrados, o loteamento é um novo conceito de bairro planejado, com 1.715 lotes residenciais (o padrão tem 250 m2) e 129 comerciais. O vizinho mais que ilustre no loteamento aberto é a Unidade de Conservação de Proteção Integral Parque Natural Municipal do Campo Grande.

No grande trecho de floresta e no campo de várzea do futuro Parque foram
identificadas 91 espécies da fauna silvestre, de acordo com o Relatório de
Impacto Ambiental realizado para o empreendimento. “É um pulmão verde no meio do loteamento”, afirma Júnior Cabrino, sócio-presidente da Montana Urbanismo. O Parque Natural do Campo Grande se soma a outras três Unidades de Conservação em Campinas: Mata de Santa Genebra, APA Campinas e APA Piracicaba/Juqueri-Mirim.

O planejamento urbano, conceito que norteia todas as etapas de realização do projeto, vem para modificar positivamente a feição urbana do município e valorizar o distrito. Com a proposta de transformar um grande vazio urbano de Campinas em bairro com estrutura completa e acesso aos mais variados serviços, o Boa Aliança imprime desenvolvimento econômico e social à Região do Campo Grande.

Localizado em uma das principais avenidas de Campinas a Av. John Boyd
Dunlop, com fluxo de mais de 40 mil veículos, o loteamento está próximo do
Shopping Parque das Bandeiras e será servido por duas estações e um terminal do BRT (Bus Rapid Transport), além de ficar perto do Hospital e Maternidade da PUC-Campinas e da Rodovia dos Bandeirantes.

Como bairro planejado, o empreendimento preza por qualidade de vida e pela infraestrutura oferecida a moradores e investidores. Dois malls, um
supermercado e dezenas de negócios vão funcionar nas áreas comerciais. Em termos de segurança, reforça Júnior Cabrino, o Bela Aliança vai contar com uma base da Guarda Municipal e câmeras integradas ao CIMCamp (Central de Monitoramento de Campinas).

Uma estrutura completa de lazer será oferecida no Parque Recreativo.
Academia ao ar livre, campo de futebol gramado, quadras de areia, jardim com mesas de jogos, espaço kids ecológico são alguns equipamentos oferecidos nesse complexo. Além disso, será construída uma pista de 5 quilômetros para caminhada.

As práticas sustentáveis também são valorizadas no projeto do empreendimento com o Parque Ambiental. Nessa estrutura, os moradores poderão usufruir de horta, viveiro, pomar, bosque, espaço para feira comunitária, auditório verde e gramado multiuso. “Todos os canteiros e praça são projetados para captar água da chuva”, diz Cabrino. “E para cada lote, plantaremos uma árvore”, completa.

A primeira fase de vendas do Bela Aliança, com comercialização de 473 lotes, será aberta ao público dia 5 de outubro, com preço especial de lançamento a partir de R$ 128.340,00 (lote padrão de 250 m2). O financiamento pode ser feito em até 180 meses com entrada reduzida. (Panorama de Negócios)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.