Com liberação de saque do FGTS, Acic projeta injeção de R$ 1,2 bi na economia da região de Campinas

A liberação de saques de contas ativas e inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS-Pasep deve injetar R$ 1,2 bilhão na economia da Região Metropolitana de Campinas (RMC) até 2020, segundo projeção da Associação Comercial e Industrial de Campinas (Acic).

Segundo o departamento de economia da Acic, a expectativa é que os saques injetem R$ 856,4 mil até dezembro de 2019, além de outros R$ 343,6 mil a partir do próximo ano.

“O objetivo é aumentar o consumo no comércio e serviços, ativando as
atividades econômicas que estão estagnadas até o momento”, informa, em nota, a Acic. (G1 Campinas)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.