Construção civil em alta: somente em 2021, foram abertas 285 mil vagas

Segundo o Caged, 24 mil funcionários foram contratados apenas em setembro

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 e a consequente retomada da economia, as construtoras brasileiras seguem com as contrações e o mercado da construção civil aquecido.

De acordo com dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), foram contratados 24 mil funcionários apenas em setembro, em uma sequência de nove meses consecutivos de abertura de vagas.

Francisco de Oliveira Lima Filho, presidente da Habicamp

Com base nas informações desse Cadastro, estima-se cerca de 285,5 mil novos postos de trabalho em 2021. Atualmente, o setor é responsável pelo emprego de 2,5 milhões de brasileiros.

Crescimento em cadeia

O crescimento da construção civil traz impactos positivos para diversos segmentos envolvidos com o setor.

É o caso da comercialização de tijolos, que registrou um aumento de 30% e de cimento, que registrou 49,2 milhões de toneladas vendidas, equivalente a um crescimento de 9,7% em 2021, de acordo com os dados da ABCP. O presidente da Habicamp, Francisco Lima de Oliveira Filho, acredita na retomada veloz do mercado. “A construção civil e o mercado imobiliário não pararam durante a pandemia e, portanto, a retomada tende ser mais potente e rápida. E esse cenário deve se manter em 2022”, afirma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.