Cooperativas devem oferecer R$ 5 bi em crédito imobiliário, segundo Conecti

No Congresso Nacional de Engenharia, Construção, Tecnologia e Inovação
(Conecti), o segundo painel teve como tema ‘Cooperativa de crédito: uma
solução para o futuro’. Na data, que reuniu mais de 400 empresários e
dirigentes da construção civil, no Fashion Hall em Maringá (PR), empresários do setor abordaram a seguinte perspectiva: “Em três anos, as cooperativas de crédito devem oferecer R$ 5 bilhões em crédito imobiliário”.

Mediado pelo presidente do Sindicato da Construção Civil do Paraná
(Sinduscon PR/Noroeste), Marcos Mauro Pena de Araujo Moreira Filho, o painel debateu as vantagens e como criar uma cooperativa de crédito, bem como abordou perspectivas do setor.

“Chegamos a 106 mil empregos diretos e, em 2020, esperamos atingir a meta de R$ 100 bilhões em faturamento. Hoje as cooperativas de crédito são as que mais crescem, já as de infraestrutura ainda apresentam deficiências e, nesse aspecto, a construção civil tem muito a contribuir”, enfatizou o presidente da Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar), José Roberto Ricken.

A reflexão teve sequência com o diretor de operações do Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), Ênio Meinen, que informou que na Europa a cada cinco pessoas uma está inserida em uma cooperativa financeira. “No Brasil o número está aquém disso, mas já somos 15 milhões de usuários de cooperativas e a tendência é aumentar, principalmente em comunidades remotas, já que em 10% dos municípios brasileiros, por exemplo, as cooperativas são as únicas instituições financeiras e ainda oferecem o diferencial de ter compromisso com o desenvolvendo das comunidades”, ressaltou.

Meinen informou que o Banco Central considera as cooperativas como
reguladoras de mercado, uma vez que o sistema colaborativo incentiva a
competitividade por operar com patamares justos. “Lembrando que as
cooperativas financeiras também começaram a atuar com crédito imobiliário e já atuam fortemente com consórcio imobiliário, o que movimenta a construção civil”, completou.

Além disso, Meinen deu uma boa notícia para o setor da construção. ”Em três anos, as cooperativas de crédito devem oferecer R$ 5 bilhões em crédito imobiliário”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.