Custo da construção sobe 0,80% em outubro, aponta FGV

Taxa é superior à de setembro deste ano, porém inferior à de outubro de 2020

O Índice Nacional de Custo da Construção–M (INCC-M), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), apontou inflação de 0,80% em outubro deste ano. A taxa é superior ao 0,56% do mês anterior, mas inferior ao 1,69% de outubro do ano passado.

Dessa forma, o índice acumula alta de 12,88% no ano e de 15,35% em 12 meses, segundo a FGV.

Em outubro de 2020, o índice havia subido 1,69% no mês e acumulava alta de 6,64% em 12 meses. Neste cenário, a taxa do índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços passou de 0,83% em setembro para 1,45% em outubro, enquanto o índice referente à Mão de Obra variou 0,10% em outubro, ante 0,27%, em setembro. 

Materiais, Equipamentos e Serviços

No grupo MateriaisEquipamentos e Serviços, a taxa correspondente a Materiais e Equipamentos subiu 1,68% em outubro, após variar 0,89% no mês anterior. Três dos quatro subgrupos componentes apresentaram acréscimo em suas taxas de variação, destacando-se materiais para estrutura, cuja taxa passou de 0,78% para 2,12%. 

empregabilidade após graduação
Francisco de Oliveira Lima Filho

A variação relativa a Serviços passou de 0,56% em setembro para 0,36% em outubro. Neste grupo, vale destacar o recuo da taxa do item projetos, que passou de 0,40% para 0,11%.

Mão de obra

A taxa de variação referente ao índice da Mão de Obra variou 0,10% em outubro, ante 0,27% em setembro. 

Capitais

Seis capitais apresentaram acréscimo em suas taxas de variação: Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Em contrapartida, apenas Porto Alegre apresentou decréscimo em sua taxa de variação.

O presidente da Habicamp, Francisco de Oliveira Lima Filho, explica que a alta nos custos da construção civil pode impactar reformas e planos de construtoras. “Apesar de sempre haver impactos, mesmo que moderados, ainda assim a taxa é inferior se comparada a outubro do ano passado”, lembra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.