Falta de material e custos altos impactam construção

Situação continua pelo quinto trimestre seguido

A falta de material da construção e o aumento dos custos continuam um dos principais problemas da indústria da construção. Essa situação persiste pelo quinto trimestre consecutivo e segundo a pesquisa Sondagem Indústria da Construção, realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) com o apoio da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), os dois itens foram citados por 54,2% dos empresários entrevistados.

A pesquisa mostra que houve uma pequena redução em relação ao trimestre anterior, quando 55,5% dos entrevistados manifestaram preocupação com a falta de materiais. Os números também mostram que houve uma grande preocupação dos empresários com a elevação da taxa de juros. Enquanto no segundo trimestre menos de 10% dos empresários manifestaram preocupação com os juros, no terceiro trimestre o número aumentou para 16%.

De acordo com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), a alta pode ser confirmada pelo Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) para materiais e equipamentos, acumulado nos últimos 12 meses encerrados em setembro, alta de 30,24%, um recorde para o período atual.

“A alta de custos nos equipamentos foi o principal problema da indústria”, afirma o presidente da Habicamp, Francisco de Oliveira Lima Filho.

Francisco de Oliveira Lima Filho, presidente da Habicamp

A pesquisa realizada mostra, ainda, que mesmo com a falta de materiais e o aumento dos juros, há uma expectativa de que o Produto Interno Bruto (PIB) do setor suba para 5% neste terceiro trimestre, o que representaria o maior crescimento dos últimos 10 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.