R$ 200 milhões serão destinados para obras do BRT e de infraestrutura em Campinas

Prefeitura sancionou, na última sexta-feira (15), a contratação de empréstimo junto à Caixa Econômica Federal

A Prefeitura de Campinas sancionou, na última sexta-feira, 15 de outubro, uma lei que viabiliza a contratação junto à Caixa Econômica Federal de um empréstimo correspondente a R$ 200 milhões. De acordo com as autoridades, este valor será destinado à execução de obras de infraestrutura, além da conclusão do projeto do corredor do BRT.

Dentre os trabalhos, estão a implantação de 34,1 km de redes de drenagem e a pavimentação de 49,7 km de ruas distribuídas em 13 bairros do município.

Além disso, a Secretaria de Infraestrutura afirma que todos os projetos de infraestrutura já estão concluídos e envolvem áreas com antigas reivindicações de pavimentação. Porém, será necessário rever os preços antes de iniciar o processo de licitação, uma vez que os custos da construção civil tiveram alta nos últimos meses. Espera-se o consumo de R$ 130 milhões pelas obras.

Conclusão do corredor BRT

A obra, que começou em 2017 e que em julho deste ano teve seu prazo de conclusão ampliado em 12 meses, terá investimento de R$ 40 milhões. De acordo com a administração municipal, a mudança foi necessária para permitir o término da construção de dois viadutos no Corredor Campo Grande, que foi interrompido com a pandemia.

Melhorias

Ao ser concluído, o BRT terá 36,6 km e beneficiará 450 mil pessoas. Serão 36 estações, sete terminais e 18 pontes e viadutos — incluindo a primeira estrutura estaiada da cidade. Os outros R$ 30 mi do empréstimo serão direionados aos serviços de recapeamento.

O presidente da Habicamp, Francisco Lima de Oliveira Filho, parabeniza a retomada das obras e reconhece a importância da mesma para melhorias da cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.