Melhores cidades para investir: Campinas segue fora do top 10

Campinas é a 13ª cidade melhor avaliada no ranking 2018 dos 100 melhores municípios para fazer negócio e com população superior a 100.000 habitantes, elaborado pela consultoria Urban Systems para a revista Exame.
Os resultados foram divulgados no final de outubro. Campinas avançou uma posição em relação ao ranking do ano passado, mas segue fora do top 10 na avaliação, que leva em conta 42 indicadores em quatro frentes: capital humano, desenvolvimento econômico, desenvolvimento social e infraestrutura.
O ranking é elaborado desde 2014. Campinas estreou, naquele ano, em 19º; subiu para 9º em 2015 e 8º em 2016, para cair para a 14ª posição em 2017. Ao longo desse tempo, segundo a Urban Systens, foi se consolidando a percepção de que as cidades que mais pontuam não se acomodam e buscam melhorar sempre.
Neste ano, a campeã foi Vitória (ES). Outras cinco cidades paulistas estão à frente de Campinas no levantamento: São Caetano do Sul, São Paulo, Barueri, Santos e São José do Rio Preto.
Campinas se destaca no item infraestrutura, onde aparece em 3º lugar, atrás apenas de São Paulo e Guarulhos.
MEDIDAS

Em nota, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo diz que Campinas continua no ranking à frente da maioria das capitais e está entre as principais cidades com mais um milhão de habitantes. “A Prefeitura tem trabalhado para atrair investimentos e facilitar quem tem buscado empreender em nossa cidade. Com leis de incentivos fiscais, como isenção de IPTU e redução da alíquota do ISSQN, conseguimos atrair multinacionais, como a John Deere e a chinesa BYD, que instalou duas fábricas no município”, diz a nota. Segundo a secretaria, este ambiente favorável para negócios também motivou a construção recente do grande Centro de Convenções do Grupo Royal Palm Plaza, um dos maiores do país, e de novas unidades da rede de Supermercados Pague Menos. “Além da infraestrutura da cidade, outro fator importante foi o processo de desburocratização com a implantação do programa Via Rápida, que diminuiu o tempo de abertura de empresas de 180 para cinco dias. São algumas das ações que fazem de Campinas uma das melhores cidades para se empreender no Brasil”, afirma o secretário da pasta, André von Zuben. (A Cidade On)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.