Reajuste médio do IPTU fica na casa dos 4% nas cidades da região

Índice de reajuste é de 4% nos 112 mil carnês de Americana em 2019Divulgação/Prefeitura

O reajuste médio do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) praticado na região, este ano, é de 4%, aponta levantamento feito pelo TODODIA junto das prefeituras.

Entre Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré, Hortolândia e Paulínia, o maior percentual de correção do imposto é de 4,55%, aplicado por Sumaré. Nova Odessa, até ontem, ainda não tinha divulgado o reajuste.

A maioria das cidades oferece desconto de 10% para o contribuinte que pagar o imposto em cota única.

Americana já começou a receber o IPTU 2019 anteontem, com 8% de desconto na cota única. A Administração pretende arrecadar R$ 93,7 milhões com o total lançado nos 112.034 carnês da cidade. O reajuste, de 4%, foi definido no ano passado, com base na expectativa da inflação de 2018, que acabou fechada em 3,75%.

A Prefeitura de Sumaré vai começar a cobrar o IPTU 2019 no dia 22 de fevereiro, quando vencem a primeira parcela, para quem optar em pagar o imposto em até dez vezes, e também a cota única, que tem 10% de desconto à vista. A correção é de 4,55%, correspondente ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor – Amplo) medido entre 1º de novembro de 2017 e 30 de outubro de 2018.

Os cerca de 80 mil carnês começaram a ser entregues aos contribuintes nesta semana. O valor que a Prefeitura de Sumaré pretende arrecadar com o IPTU, este ano, é de R$ 71 milhões.

Em Hortolândia, o envio dos carnês do IPTU 2019 aos contribuintes começa no final deste mês. O vencimento da primeira parcela e da cota única com 7% de desconto (o menor desconto entre as seis cidades pesquisadas na região) é dia 1º de março.

O reajuste do imposto é de 4,05%, de acordo com o IPCA medido entre dezembro de 2017 e dezembro de 2018. A previsão é que sejam arrecadados em torno de R$ 40,5 milhões.

Nova Odessa não divulgou, ontem, quanto pretende arrecadar e nem qual o reajuste do IPTU deste ano.

As informações serão definidas em decreto que deve ser publicado no Diário Oficial do município. A primeira parcela ou cota única do IPTU, em Nova Odessa, vence no dia 10 de março. O desconto concedido para pagamento à vista é de 10%.

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste deixou o vencimento da cota única e da primeira parcela do IPTU somente para o dia 20 de março.

Quem pagar à vista, recebe 10% de desconto.

A expectativa de arrecadação é de R$ 45,5 milhões com a distribuição de cerca de 73 mil carnês. (Todo Dia)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.