Segurança do Trabalho na Construção Civil

Estruturas pré-moldadas
José David Ferraz Silva

Ao iniciar uma obra, a segurança dos funcionários deve ser garantida. Isso porque a Segurança do Trabalho na Construção Civil é uma das maiores preocupações de todos aqueles que trabalham na área, devido ao grande número de acidentes registrados. Em 2017, mil pessoas de mais de 12 mil casos não voltaram ao trabalho devido a limitações causadas por acidentes no trabalho, de acordo com o Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho (AEAT).

De acordo com o Diretor do Setor de Construção Civil da Habicamp, José David Ferraz Silva, a área é a que mais apresenta números de acidente de trabalho que acarretam incapacidade permanente. “Por isso, é necessário ficar atento aos protocolos de segurança”, explica.

Norma Reguladora 18 (NR-18)

David explica que a Norma Regulamentadora direciona no segmento administrativo, de planejamento e organização para maior segurança dos funcionários. “Dessa forma, é possível ter controle sobre os sistemas preventivos de segurança nos processos condições e no meio ambiente de trabalho. Vale lembrar que o treinamento inicial e periódico devem ser prioridade em conjunto com as Recomendações Técnicas de Procedimento publicadas pela Fundacentro”, diz.

O Diretor do Setor de Construção Civil da Habicamp também ressalta que a prevenção de acidentes não se resume apenas no uso de equipamentos de proteção individual, conhecidos como EPIS.  “Eles são complementares e obrigatórios, que em conjunto com proteções coletivas e a organização do trabalho, fortalecem a segurança dos trabalhadores. É necessário desenvolver essa cultura e a importância do cuidado para bem-estar dos colaboradores e das empresas envolvidas”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.