Taxa de desocupação de imóveis corporativos chega a 21% em Campinas

lançamentos devem aumentar nos próximos 12 meses
Francisco de Oliveira Lima Filho

Um estudo realizado por uma empresa de consultoria de mercado imobiliário mostra que 21% dos prédios corporativos de Campinas estão vazios. De acordo com o Presidente da Habicamp, Francisco de Oliveira Lima Filho, a pandemia trouxe um cenário instável para o mercado imobiliário desse segmento. “A maioria das empresas que estão em home office continua com a mesma produtividade. Por isso, por que o empresário vai optar por maiores gastos, se ele pode não ter?”, explica Lima Filho.  A pesquisa levou em conta 68% dos prédios corporativos da cidade.

Segundo o Presidente da Habicamp, o protocolo de vacinação municipal e estadual deve trazer mais empresas de volta para os imóveis corporativos. “Precisamos deixar claro que já aconteceu parte desse retorno, já que houve um reaquecimento do mercado e maior flexibilidade com o isolamento social”, conta Francisco.

Segundo os dados apresentados, muitas empresas também mudaram do padrão B para o padrão A, devido a baixa dos preços por conta da pandemia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.