Campinas sanciona Lei da Inovação e atrai startups e investimentos na área de tecnologia e ciência

Projeto também cria fundo para novas ações. Meta é aumentar em 30% as empresas desse perfil até 2023

Dário Saadi, prefeito de Campinas, sancionou na última terça-feira (13), a Lei da Inovação de Campinas, cujo o objetivo é atrair novos investimentos, inovação, tecnologia e empresas startups para a cidade.
Até 2023, a meta é ampliar em 30% o número desse segmento de empresas. Atualmente, Campinas conta com 500 negócios desse perfil.

Prefeitura autoriza estudo para implantação de modal ferroviário
Francisco de Oliveira Lima Filho

“Sabemos que esse perfil de empresa está em alta no mercado e acompanhar esse crescimento é fundamental. Campinas sempre foi um grande polo tecnológico, por isso, investimentos e leis como essa são sempre positivas”, declarou Lima Filho, presidente da Habicamp.

MOVIMENTO IMPORTANTE
Adriana Flosi, secretária municipal de desenvolvimento econômico, disse que com a aprovação da lei, a cidade que já tem notoriedade internacional pelo desenvolvimento tecnológico, dá mais um passo importante.
“A tecnologia já tem um grande peso no PIB da cidade e, agora, com a Lei de Inovação, vamos atrair ainda mais empresas e projetos neste setor, o que vai nos colocar em um novo patamar de inovação”, explicou a secretária.

MELHORIAS
A lei irá permitir que a prefeitura possa contratas e chamar as empresas com condições especiais e mais simples. Com isso, melhorando a relação das startups com a cidade, gerando um melhor serviço para a população.
Além disso, a nova legislação permite a contratação de soluções tecnológicas que precisarão ser encontradas. Com isso, um problema público poderá ter o auxílio de um startup para ser resolvido.
E por fim, a lei criou o Fundo Municipal de Inovação, que tem o objetivo de viabilizar projetos científicos e tecnológicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.