Cohab Campinas acaba com tempo mínimo de moradia para cadastro habitacional

A Cohab Campinas divulgou nesta segunda-feira (25) mudanças nos
pré-requisitos para inscrição no Cadastro de Interessados em Moradia (CIM). A principal alteração é o fim da exigência de comprovação de dois anos de moradia no município. Para entrar na lista ou fazer a atualização cadastral, basta comprovar moradia ou trabalho formal em Campinas (SP) e ter renda familiar mensal de até dez salários mínimos.

“Uma das principais mudanças é eliminar a exigência que sempre incomodou os interessados, que é a comprovação de dois anos de moradia no município. Se alguém escolheu Campinas para morar ou se trabalha aqui, mas mora, por exemplo, em Sumaré, Valinhos ou Hortolândia, por que essa pessoa não pode querer uma moradia digna em Campinas?”, destacou, em nota, o secretário de Habitação e presidente da Cohab-Campinas, Vinicius Riverete.

Além de cumprir os pré-requisitos, os interessados devem apresentar uma
série de documentos para entrar na fila por moradia.

Em casos da existência de portadores de necessidades especiais na composição familiar, apresentar atestado médico atualizado que comprove a deficiência alegada e que contenha o número da Classificação Internacional de Doenças (CID) e a classificação de deficiência, de acordo com o Decreto N. 5.296 de 2 de dezembro de 2.004.

De acordo com a Cohab, no entanto, para os cadastros da chamada Faixa 1 do Programa Minha Casa Minha Vida, para famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil, “requisitos como tempo mínimo de moradia podem ser exigidos”.

O cadastro pode ser realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, na
sede da Cohab-Campinas, na Av. Prefeito Faria Lima, nº 10, no Parque Itália.
Mais informações pelo telefone (19) 3119-9500.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.