Confiança da construção atinge mais alto nível desde 2014

Índice alcançou 95,7 pontos de junho para julho

 

A fundação de Getúlio Vargas (FGV) mediu recentemente o Índice de Confiança da Construção e obteve resultado de alta, chegando a 95,7 pontos de junho para julho deste ano. Esse é o maior patamar de indicador, considerando que a escala é de zero a 200.

O resultado reflete no futuro dos empresários e possui uma avaliação positiva. Em base mensal, o ISA-CST (Índice da Situação Atual) cedeu 0,1 ponto em julho, 89,4 pontos, e o IE-CST (Índice de Expectativas) subiu 6,8 pontos, a 102,2 pontos.

Já o Nível de Utilização da Capacidade Instalada da Construção sofreu queda de 3,7 pontos percentuais, passando para 73,7%.

De acordo com o presidente da Associação da Habitação de Campinas, Habicamp, Francisco Lima, o controle da pandemia com a vacinação pode ser um dos fatores que indicam esse cenário positivo.

“Pela sondagem de julho, é perceptível que entraremos em um crescimento favorável na demanda nos próximos meses, por isso, sigamos em frente na esperança de que, os dias melhores já estão chegando”, afirma Lima Filho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.