No Brasil, 14.680 unidades residenciais foram lançadas no 1ºtri do ano

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e o Senai divulgaram
no dia 27 de maio o levantamento Indicadores Imobiliários Nacionais 1º
Trimestre de 2019. De acordo com a publicação, os lançamentos apresentaram um aumento de 4,2% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. No entanto, houve uma queda de 62,5% em relação ao último trimestre de 2018. As vendas também apresentaram um aumento de 9,7% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. Porém, registrou-se uma queda de 18,9% em relação ao último trimestre de 2018. A oferta final apresentou uma queda de 8,6% em relação ao mesmo trimestre de 2018 e uma queda de 6,0% em relação ao trimestre anterior.

No total, 14.680 unidades residenciais foram lançadas no 1º trimestre de
2019. A média dos últimos 4 trimestres é de 27.227. Na comparação do
primeiro trimestre do ano com o último trimestre do ano passado, a região
Sudeste apresentou a maior variação negativa: -77,4%, seguida por
Centro-Oeste (-42%), Norte (-26,7%) e Sul (-20,01%). A única variação
positiva nesta base de comparação foi da região Nordeste com crescimento de 25,7%.

Em relação ao programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), as análises de
lançamentos e vendas englobam 21 regiões: Belém, Manaus, Campina Grande, RM de Fortaleza, RM de Maceió, RM de Recife, Salvador, RM de Salvador, São Luís, Cuiabá, Distrito Federal, RM de Goiânia, Belo Horizonte e Nova Lima, RM de Belo Horizonte, São Paulo, Uberlândia, Curitiba, Florianópolis, Joinville, RM de Curitiba e Porto Alegre. As 21 regiões representam um total de 11.044 unidades, ou seja, 75,2% do total de unidades lançadas (14.680).

O levantamento aponta que foram vendidas 28.676 unidades residenciais no 1º trimestre de 2019. A média dos últimos 4 trimestres é de 31.125. Na
comparação do primeiro trimestre de 2019 com o mesmo período do ano
anterior, todas as regiões do país apresentaram variação positiva: Sul
(21,9%), Norte (21,7%), Centro Oeste (16,6%), Sudeste (15%) e Nordeste
(2,8%). As 21 regiões analisadas para o programa MCMV representam um total de 21.367 unidades, ou seja, 74,5% do total de unidades vendidas (28.676).

Em relação às unidades residenciais novas estão disponíveis para oferta
120.422 unidades no 1º trimestre de 2019. A média dos últimos 4 trimestres
equivale a 126.634. Na comparação do primeiro trimestre do ano com o último trimestre do ano passado, todas as regiões do país apresentaram variação negativa: Sul (-5,8%), Norte (-6,1%), Centro Oeste (-0,07%), Sudeste (-10%) e Nordeste (-1,9%). As regiões analisadas pelo MCMV representam um total de 98.115 unidades, ou seja, 81,5% do total de unidades em oferta final (120.422).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.