Seplurb (Prefeitura Municipal de Campinas) aprova empreendimentos com valor de vendas de R$ 6,1 bi

Os resultados cotados até julho, mostram que a meta é aprovar projetos de implantação de obras que ultrapassem R$10 bi em Valor Geral

foto: Carlos Bassan – A Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo (Seplurb), aprovou durante os sete primeiros meses deste ano, a implantação de empreendimentos imobiliários em Campinas, que somam atualmente um potencial de vendas de R$ 6,144 bilhões. A Prefeitura já estabeleceu uma meta de mais de R$ 10 bilhões em Valor Geral de Venda de projetos de implantação aprovados, o que irá gerar novas oportunidade no setor de construção e vendas de imóveis.

Lembrando que, até julho, o volume de valor geral de venda (VGV) reuniu 37 empreendimentos com 7.195 unidades residenciais e outros 21 empreendimentos com 559 unidades comerciais, tendo como principal objetivo a expansão no mercado da construção civil e imobiliário. Hoje são mais de 527 mil metros quadrados de glebas vazias dentro do perímetro urbano, onde passarão a ser disponibilizadas para a ocupação de moradias e outros 113,1 mil metros quadrados para áreas com lotes comerciais.

Seplurb – emissão de alvarás

A equipe da Seplurb também emitiu alvarás de execução para 11 loteamentos e as aprovações foram resultado de medidas implementadas desde o início do ano. Na cidade houve emissão de aprovação prévia também para 14 novos loteamentos, assim como nos primeiros meses de 2021 onde foram aprovados 28 processos de cadastramento de glebas, transformando áreas rurais em urbanas e tendo a soma de mais ou menos 1,46 milhão de metros quadrados, que se transformarão em novos empreendimentos imobiliários na cidade de Campinas.

De acordo com o presidente da Associação Regional da Habitação de Campinas, Habicamp, Francisco de Oliveira Lima Filho, o consumidor já está bastante preocupado com a valorização da casa, já que o período de isolamento foi grande. “Isso só aponta cada vez mais o aquecimento do mercado imobiliário que deve prevalecer daqui para frente” afirma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.